Brasil tem maior número de mortes por Covid em 24 horas desde início da pandemia

Ao todo, 257.361 brasileiros perderam a vida para a doença causada pelo novo coronavírus

O Ministério da Saúde confirmou nesta terça-feira (2) mais 1.641 mortes por Covid-19 - o maior aumento diário desde o início da pandemia.

Antes, o recorde havia sido em 29 de julho de 2020, quando 1.595 vítimas entraram na contagem. Ao todo, 257.361 brasileiros perderam a vida para a doença causada pelo novo Coronavírus.

Também foram acrescentados mais 59.925 casos, totalizando 10.646.926.

Especialistas têm dito que esta é a pior fase da pandemia no país. Há 41 dias, a média móvel de mortes está acima de mil.

"Nunca teve tantos estados com tanta dificuldade ao mesmo tempo, seja pela circulação das novas cepas, seja pelo cansaço da sociedade de estar vivendo isso há tanto tempo", disse o presidente do Conasems (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde), Wilames Freitas Bezerra, em evento ao lado do ministro da Saúde Eduardo Pazuello na semana passada.

Um levantamento feito mostra que 16 estados e o Distrito Federal ultrapassam a taxa de 80% de ocupação de leitos de enfermaria e UTI.

O Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) publicou uma carta aberta com recomendações para tentar frear a transmissão do vírus, que incluem um toque de recolher nacional e medidas mais rígidas em cidades que tenham mais de 85% dos leitos ocupados.

CNN BRASIL
Compartilhe:

Nova Olinda registra 09 óbitos por COVID 19 no município


Secretaria de Saúde de Nova Olinda do Maranhão, divulgou às 16:30 horas desta terça-feira (02), o Boletim Epidemiológico.

Nova Olinda do Maranhão já realizou um total de 1.108 testes.

O número de casos confirmados subiu de 461 para 466 desde o início da Pandemia.

188 pacientes do sexo masculino e 275 pacientes do sexo feminino.

458 pacientes já estão curados em Nova Olinda do Maranhão.

Também foi registrado 9 óbitos totalizados no município. 
Compartilhe:

Vigilância Sanitária intensifica a dedetização em prédios no município de Nova Olinda

 


A Vigilância sanitária na manhã desta terça-feira(03) realizou em parceria com a prefeitura de Nova Olinda do Maranhão a dedetização de prédios públicos em uma ação de enfretamento contra a COVID-19 no munícipio.

O trabalho foi realizado no Hospital Municipal Hemetério Marcos Weba e no Centro de Reabilitação e também no SESP.

A Vigilância tem orientado a população para o uso de máscaras,distaciamento social,higienização das mãos,cuidados essenciais para a não proliferação do COVID-19.

Compartilhe:

PF desarticula esquema de fraudes na compra de testes da Covid que totalizam R$ 960 mil


Uma operação da Polícia Federal, com o apoio da Controladoria-Geral da União, cumpre mandados judiciais com a finalidade de desarticular grupo criminoso que promovia fraudes licitatórias e irregularidades contratuais no âmbito do município de Pinheiro (MA), envolvendo recursos públicos federais que seriam utilizados no combate à pandemia da Covid-19.

A operação Estoque Zero foi deflagrada na manhã desta terça-feira (2) nas cidades de Teresina (PI) e Pinheiro(MA).

A investigação se concentra no processo nº 2.653/2020 da Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento de Pinheiro, instruído para a aquisição de 6.000 testes rápidos para o diagnóstico da Covid-19, no valor total de R$ 960.000. 

Os elementos colhidos pela equipe policial revelaram que funcionários da pasta, em esquema com empresários de Teresina, simularam a compra e venda de testes rápidos, por meio da contratação de empresa de fachada que não forneceu o objeto pactuado. A Polícia Federal cumpriu cinco mandados de busca e apreensão, quatro mandados de constrição patrimonial e um mandado de suspensão do exercício de função pública. 

Ao todo 30 policiais federais cumpriram as determinações judiciais expedidas pela 1ª Vara Federal de São Luís (MA), que decorreram de uma representação elaborada pela Polícia Federal. Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por fraude à licitação (Art. 96, inciso I, Lei 8.666/93), peculato (Art. 312, Código Penal), lavagem de capitais (Art. 1º, caput, Lei 9.613/84) e associação criminosa (Art. 288, Código Penal). 

A denominação “Estoque Zero” faz referência à inexistência da mercadoria objeto do contrato, tendo em vista que a empresa não possuía sequer uma única unidade de teste rápido em seu estoque na época da suposta venda.

Fonte: Imirante.com

Compartilhe:

CORONAVÍRUS: Maranhão registra mais 74 casos e 20 óbitos por Covid-19


O estado já totaliza 219.307 casos confirmados e 5.052 óbitos pelo novo coronavírus



O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), neste domingo (28), mostrou que o Maranhão já totaliza 219.307 casos confirmados e 5.052 mortes por coronavírus. Nas últimas 24h foram registrados 74 novos casos e 20 mortes pela doença.

De acordo com o boletim, o interior do estado está com 37, São Luís registrou 19 e Imperatriz 18 novos casos.

Dos mais de 219 mil casos, 9.987 estão ativos. Desses, 8.892 estão em isolamento social, 645 internados em enfermaria e 450 em leitos de UTI.

O estado já registra 204.268 pessoas recuperadas da doença. Mais de 537 mil testes foram realizados, 399.458 casos foram descartados e hoje (28), o número de casos suspeitos é 1.278.

Segundo informações da SES, o estado tem 376 leitos de UTI e 831 leitos clínicos. Desse total, 304 dos leitos de UTI estão ocupados e 493 dos clínicos também.

Também de acordo com o boletim, os 20 novos óbitos notificados, aconteceram nas seguintes cidades: Açailândia (1), Alto Alegre do Pindaré (1), Codó (1), Estreito (1), Governador Edson Lobão (1), Governador Eugênio Barros (1), Grajaú (1), João Lisboa (1), Peritoró (1), Pio XII (1), Presidente Dutra (1), Santa Inês (1), São Bento (1), São José de Ribamar (1), Sítio Novo (1), Timon (1), Zé Doca (1) e São Luís (3).

Dos novos óbitos registrados no estado, um deles aconteceu nas últimas 24h. Todas as outras são de dias e/ou semanas anteriores e aguardavam o resultado do exame laboratorial para Covid-19.

Compartilhe:

Prefeitura de Nova Olinda do Maranhão emite novo decreto municipal

A Prefeitura de Nova Olinda do Maranhão no uso das atribuições legais emitiu nesta quinta-feira(25) um decreto municipal que decreta o uso de máscaras, distanciamento social,horários reduzidos no comércio de Nova Olinda do Maranhão.

Veja o decreto na integra abaixo:




Compartilhe:

Curta nossa pagina no Facebook

Previsão do Tempo

Mais Acessadas da Semana

Mais Acessadas

Arquivo do blog

Posts Recentes

Total de visualizações de página