Maranhão chega a 191.366 casos e 4.241 mortes por Covid-19

Só nesta segunda-feira (23) foram registrados 162 novos casos e nove mortes pela doença.


O Maranhão registrou nesta segunda-feira (23) mais 162 novos casos de Covid-19 e nove óbitos pela doença. Agora, o total de casos chega a 191.366 e de óbitos chega a 4.241. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde (SES). 

Dos novos casos confirmados, 75 foram na Grande Ilha (São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa), 3 em Imperatriz e 84 nos demais municípios do estado. Além disso, oito novos óbitos foram registrados em Bacabal (1), Timon (1), Porto Franco (1), Imperatriz (1), São João dos Patos (1), Riachão (1), Campestre do Maranhão (1) e Coroatá (2). 

Quanto ao número de recuperados, o Maranhão chegou a 184.333.

O número de pacientes em tratamento por conta da Covid-19 teve um leve crescimento: Agora são 2.792, sendo 2.530 em isolamento domiciliar, 167 internados em enfermarias e 95 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O número de profissionais da saúde que foram infectados pela Covid-19 é de 4.180. Destes, 4.092 se recuperaram e 72 morreram.

O Maranhão tem ainda 5820 casos sob suspeita e 342.023 foram descartados. Também já foram realizados 446.412 testes para a doença (rede pública + privada).

G1 MA
Compartilhe:

Mega-Sena pode pagar hoje prêmio de R$ 75 milhões


A Mega-Sena sorteia neste sábado (21) um prêmio acumulado de R$ 75 milhões. As seis dezenas do concurso 2320 serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. O volante, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Mega da Virada

As apostas para o sorteio especial da Mega-Sena da Virada já podem ser feitas nas casas lotéricas ou pela internet. O prêmio estimado para esta edição é de R$ 300 milhões e o sorteio será realizado no dia 31 de dezembro próximo.

Como nos demais concursos especiais, o prêmio principal não acumula.

Se não houver ganhadores na faixa principal com acerto de seis dezenas, o valor será dividido entre os acertadores da segunda faixa, com cinco acertos, e assim por diante. As informações são do site da Caixa Econômica Federal.

Agência Brasil

Compartilhe:

PIX: Ministro Paulo Guedes fala em criar tarifa para o novo serviço

 

Em conferência com executivos do setor bancário, Ministro da Economia falou que voltará a tratar da nova CPMF após eleições e vê o PIX como uma 'rodovia digital que pode ser tarifada


O Ministro da Economia, Paulo Guedes, esteve presente em uma videoconferência com executivos e especialistas do setor bancário nesta quinta-feira (19), onde afirmou que tem intenções de estipular uma cobrança pelas transações feitas via PIX, o novo formato de operação financeira estipulado pelo Banco Central, e que teve sua estreia recentemente, no último dia 16.


Guedes referiu-se ao PIX como “uma espécie de rodovia digital”, onde o trânsito dos usuários que passam por ela poderia ser cobrado. O Ministro não entrou em valores ou formatos de cobrança, mas voltou a mencionar a chamada “nova CPMF”, dizendo que voltará a tocar no tema após as eleições.

Segundo Guedes, a ideia de criar um novo imposto por operações bancárias “tomou uma conotação negativa” e, por isso, esfriou. Ele rechaça o termo “nova CPMF”, dizendo que o novo imposto traria uma alíquota de 0,10% ou 0,15% em cima de transações bancárias como transferências via TED ou DOC, e o atual PIX.

O setor bancário já se posicionou contra a criação deste novo imposto em várias ocasiões, ressaltando que isso afastaria os correntistas das instituições, levando a um fenômeno conhecido como “desbancarização”, onde os cidadãos tirariam dinheiro dos bancos e os guardariam por conta própria.

O Ministro, por sua vez, voltou a afirmar que a medida não atingiria diretamente aos bancos, além de repetir na conferência a ofensa que dirigiu à Federação Brasileira dos Bancos (FEBRABAN) em outubro, quando chamou a entidade de “Casa de Lobby”. No entendimento do Ministro, a FEBRABAN paga economistas para falarem mal da nova CPMF - uma afirmação recebida com risadas pelos participantes da videoconferência.

Em defesa à nova CPMF, Paulo Guedes disse que a sua implementação permitiria eliminar outros impostos, sobretudo os que incidem sobre folhas de pagamento salarial. Ele também afirmou que o governo não subirá os impostos atuais, além de pretender reduzir tributos empresariais, a fim de incentivar o reinvestimento do dinheiro economizado em inovação e maior geração de emprego.

Entretanto, ele disse que vai propor ao governo uma tributação incidente sobre a distribuição de dividendos empresariais a acionistas.

Folha de S. Paulo / G1
Compartilhe:

Vacina da Pfizer apresenta 95% de eficácia após conclusão da fase três de testes

 Farmacêutica diz que índices de segurança exigidos pela agência americana de saúde para Autorização de Uso de Emergencial foram alcançados


SÃO PAULO – Nesta quarta-feira (18), a farmacêutica americana Pfizer e a empresa de biotecnologia alemã BioNTech anunciaram a conclusão da fase três de testes clínicos para sua vacina contra a covid-19.

A conclusão dos testes mostra uma eficácia maior do que a que havia sido divulgada anteriormente pelo CEO da Pfizer. Segundo os resultados mais recentes, a vacina teve uma eficácia de 95% na prevenção da doença e não registrou nenhum efeito colateral grave.

Vale lembrar que, mesmo que os testes clínicos tenham sido concluídos, os resultados ainda não foram publicados em nenhum periódico cientifico para que outros cientistas possam verificá-los.

Para chegar à conclusão, a Pfizer analisou dados depois que 170 voluntários contraíram a Covid-19. Foram mais de 40 mil voluntários entre EUA, Argentina, Brasil, Alemanha, Turquia e África do Sul. Metade tomou a vacina real e a outra metade, uma substancia inativa sem efeito (placebo).

Segundo a farmacêutica, a eficácia da imunidade começa após 28 dias da aplicação da primeira dose. São necessárias duas doses por pessoa. Dos 170 infectados, apenas oito tomaram a vacina experimental e 162 receberam o placebo. A Pfizer concluiu que a eficácia da sua vacina é de 95%.

A farmacêutica destacou que foram alcançados todos os índices de segurança para Autorização de Uso de Emergencial exigidos pela agência regulatória dos Estados Unidos para a saúde, a Food and Drug Administration (FDA).

A FDA já havia anunciado que qualquer vacina deve comprovar 50% de eficácia antes de ser liberada. Além disso, as empresas testando os imunizantes devem rastrear metade de seus participantes para efeitos colaterais por pelo menos dois meses – o período de tempo em que problemas costumam aparecer. A Pfizer espera atingir a marca no final deste mês.

Segundo a farmacêutica, não houve casos graves de Covid-19 entre os participantes até agora. Com isso, a Pfizer informou que pretende entrar com o pedido de uso emergencial da sua vacina “em poucos dias”, sem dar uma data específica.

A empresa relatou ainda que pretende produzir globalmente 50 milhões de doses de vacina em 2020 e 1,3 bilhão de doses até o final de 2021.

Compartilhe:

Renovação na Câmara de Nova Olinda do MA será de 72% a partir de janeiro

Com a definição dos eleitos para o legislativo novaolindense no último dia 15, a renovação da Câmara Municipal será de 72% a partir do dia 1º janeiro de 2021.

Dos atuais vereadores, três conseguiram a reeleição, Belimário Cabral (PP), Claudio Santos (PP) e Valter Sousa (PP).

Confira abaixo a composição para o próximo quadriênio (2021 – 2024)

Junior Boêmio (PP)461 Votos 
Bilú (PSB)429 Votos
Belimário (PP) (Reeleito)
412 Votos
Pretinho(PL)404 Votos
Cláudio Santos (PP) (Reeleito)
402 Votos
Ronildo da Farmácia (MDB)395 Votos
Valter Souza (PP) (Reeleito)
370 Votos
Rita Cardoso(MDB)263 Votos
Sandro Régio (MDB)231 Votos
João Filho (MDB)230 Votos
Bené da Tancredo (RP)178 Votos
Compartilhe:

Eleições 2020: Veja o resultado para Prefeito e Vereadores eleitos em Nova Olinda


Iracy Weba (PP)  teve 57,91% dos votos dados a todos os candidatos e derrotou Clélia Barros (Republicanos) que ficou em segundo lugar com 37,67% e Professor Gerrá (Partido Comunista do Brasil) com 4,42% 


Iracy Weba  do Partido Progressistas, foi reeleita neste domingo (15), prefeita de Nova Olinda (MA) para os próximos quatro anos com 5.695 votos. Ao fim da apuração, a segunda colocada Clélia Barros (Republicanos) teve 3.704 votos, já professor Gerrá (Partido Comunista do Brasil) obteve 435 votos.

Segundo estatísticas do TSE votaram ao todo 10.261 pessoas, sendo 9.834 votos válidos,86 votos em branco,341 votos nulos e uma abstenção de 3.020 pessoas.

Veja as 11 Vagas dos Vereadores Eleitos em Nova Olinda do Maranhão 

Junior Boêmio (PP)

461 Votos 

Bilú (PSB)

429 Votos

Belimário (PP)

412 Votos

Pretinho(PL)

404 Votos

Cláudio Santos (PP)

402 Votos

Ronildo da Farmácia (MDB)

395 Votos

Valter Souza (PP)

370 Votos

Rita Cardoso(MDB)

263 Votos

Sandro Régio (MDB)

231 Votos

João Filho (MDB)

230 Votos

Bené da Tancredo (RP)

178 Votos


Compartilhe:

Curta nossa pagina no Facebook

Previsão do Tempo

Mais Acessadas da Semana

Mais Acessadas

Arquivo do blog

Posts Recentes

Total de visualizações de página